segunda-feira, 18 de março de 2013

TELMO FERRAZ - O Lagares

Barragem de BEMPOSTA

O Lagares morreu.
A notícia da sua morte fez-me recordar o dia em que o levei para o hospital de Vila Real. Os seus olhos brancos e molhados, quando me despedi dele. O seu corpo comprido. As suas pernas trémulas.E como ao sair do hospital, me sentei num muro e me perdi na gigantesca serra do Marão!A estrada a serpentear. as casinhas com telhados de lousa.
Havia neve no cimo! E, por cima. nuvens, azul,imensidade !. ..
O Lagares foi marteleiro, durante quatro anos.
Ficou doente dos pulmões. Morreu.
I de Fevereiro de 1938.
IN O LODO E AS ESTRELAS
Padre Telmo Ferraz:

1 comentário:

  1. Serão bem poucos os padres que igualam o Pe. Telmo Ferraz quer na sua excelente escrita quer nas sua acções de ajuda ao próximo.

    Bem haja, Pe. Telmo

    Júlia Barros Ribeiro

    ResponderEliminar